• 26/11/2020 11:10
Erro humano

Dados de 16 milhões com Covid-19 são expostos após vazamento de senha, diz jornal

  • 26/11/2020 11:10
  • PorGazeta do Povo
    Teste RT-PCR sendo realizado no Paraná
    Teste RT-PCR sendo realizado no Paraná| Foto: AEN

    Dados de 16 milhões de brasileiros com suspeita ou diagnóstico confirmado de Covid-19 foram expostos na internet devido a um vazamento de senhas de sistemas do Ministério da Saúde. De acordo com o Estadão, entre as pessoas que tiveram os dados expostos estão o presidente Jair Bolsonaro e seus familiares; do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello; e dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) Davi Alcolumbre (DEM-AP), respectivamente.

    Ainda segundo o jornal, a exposição não foi causada por ataque hacker ou por falha de segurança do sistema. Os dados, segundo a reportagem, ficaram abertos para consulta após um funcionário do Hospital Albert Einstein divulgar uma lista com usuários e senhas que davam acesso aos bancos de dados de sistemas federais. Há, nos dados, detalhes confidenciais sobre o histórico clínico.

    Em nota, o Hospital Albert Einstein e o Ministério da Saúde disseram que as chaves de acesso foram removidas da internet e trocadas nos sistemas, e que uma investigação interna será aberta para apurar as responsabilidades.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.