i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Polzonoff

Foto de perfil de Polzonoff
Ver perfil

"Para nós, há apenas o tentar. O resto não é da nossa conta". TS Eliot.

Intervencionismo, liberdade de expressão e o parque de diversões dos conceitos abstratos

  • 22/02/2021 16:50
Tango: símbolo maior da resignação para Manuel Bandeira.
Tango: símbolo maior da resignação para Manuel Bandeira.| Foto: Pixabay

Depois de um dia especialmente tenso, minha mulher chega em casa e me encontra com o olhar meio perdido. Oi, tudo bem?, pergunta ela depois de passar os 15 minutos regulamentares adulando a Catota e reclamando da louça que esqueci (realmente esqueci) de lavar. Respondo que não, que está tudo horrível, que a Câmara “aprovou” a prisão do deputado Daniel Silveira e que Jair Bolsonaro “dilmou” ao nomear um general para a presidência da Petrobras.

Mas, assim que as palavras saem da minha boca, caio no riso. Não é um riso histérico nem desesperado. É um riso gostoso, de alívio mesmo. De quem se percebe ridículo. Minha mulher fica ali, batendo o pezinho nervoso e com a Catota no colo, esperando uma explicação – e também que eu me levante para lavar a louça. Mas me falta fôlego. Me dói a barriga.

Aos poucos, porém, o ataque de riso perde força. Solto um “ai, ai” que é quase um pedido de trégua para mim mesmo. Chamo, então, minha mulher para que ela se sente ao meu lado no sofá e repita a pergunta que fez ao chegar em casa. Não a da louça. A outra. E dessa vez respondo que está tudo ótimo, porque está mesmo. E tudo está melhor ainda porque sou capaz de perceber.

Não fuja da raia, não!

Antes que o texto avance, acho por bem reafirmar o óbvio, isto é, que sou contra qualquer intervenção política na Petrobras. Também considero que o Congresso errou feio ao permitir que o deputado Daniel Silveira permanecesse preso. Mas entendo a primeira “tragédia”. E, com algum esforço, sou capaz também de entender a segunda.

Interdição do debate público

Mas este não é um texto sobre a importância das ideias liberais na economia nem exatamente uma defesa da liberdade de expressão. Este é um texto sobre uma ideia e sobre como essa ideia será recebida pelo público leitor. Quer ver?

A ideia

A ideia a que me refiro é aquela contida nos primeiros parágrafos. É uma ideia mais filosófica do que política. Uma ideia sobre a real influência das “decisões de macroimpacto”, como diria um coach, na vida de cada um de nós.

Porque, assim que minha mulher chegou em casa, pegou a Catota no colo e me deu bronca por causa da louça suja na pia (um copo, um prato, uma colher, um garfo e uma faca), me dei conta de que a submissão do Congresso ou a intervenção de Jair Bolsonaro na Menina dos Olhos do PT não influenciavam em nada a minha vida.

Como assim?!

Como assim?!, perguntará um leitor mais afoito, sem nem me dar tempo para tomar um copo d'água. Claro que o trator que passa por cima das garantias fundamentais influenciará minha vida. Nem que seja indiretamente. Afinal, meu trabalho é dar minha opinião. E é realmente temeroso se ver diante da possibilidade de alguma represália por causa de uma ironiazinha mal-entendida.

E, enquanto consumidor de qualquer coisa, sei muito bem que uma intervenção no preço dos combustíveis gerará consequências econômicas desagradáveis no médio e longo prazos. A economia pode degringolar, eu posso perder o emprego, se eu ficar desempregado o governo pode não ter dinheiro para me pagar o Bolsa Família, se o governo tiver dinheiro para me pagar o Bolsa Família, talvez ao fim do mês o dinheiro já não esteja valendo nada. E assim por diante.

Vida pequena

Mas “liberdade econômica” ou “liberdade de expressão” são conceitos abstratos que brincam num parque de diversões próprio, ao lado de “amor” e “oblívio” – para citar um poeta bissexto que prefere continuar anônimo. Assim como “democracia” ou “fascismo”. Assim como “interseccionalidade”. Assim como “livre mercado” e “intervencionismo”.

E a vida pequena, a do bichinho que ronrona no colo da dona e da louça por lavar na pia, é feita de conceitos muito concretos, que dialogam não com o Mercado, a Humanidade, o Cidadão, o Consumidor, o Seguidor e outros coletivos sem rosto nem alma. Os conceitos muito concretos da vida pequena dialogam com os amigos, a mulher, os parentes, o vizinho, os colegas de trabalho, esse cara aí que dorme pesado ao seu lado no ônibus.

Assim, ó

E é aqui que entra a interdição do debate público, um conceito abstrato que às vezes foge de casa para, munido de uma adaga à qual darei o nome de “A Impiedosa”, entrar na nossa alma e nos cegar para a beleza da vida pequena. Essa interdição, provocada por aqueles que insistem em confundir o parque de diversões dos conceitos abstratos com o nem-tão-divertido-assim cotidiano, nos transforma em horríveis (e não raro deturpadas) reduções cognitivas.

Funciona assim, ó: se eu fico em silêncio é porque sou um covarde e estou me omitindo. Se eu faço alguma crítica é porque sou inegavelmente um idiota, um vendido, um comunista, um onde-estava-você-no-governo-do-PT. Se elogio é porque sou assalariado de Steve Bannon. Se defendo é porque estou passando pano. E, se tento compreender qualquer um dos lados de qualquer querela, sou um isentão. Por fim, se reclamo da interdição do debate público é porque estou de mimimi.

A saída

É tentador dizer que a saída é que não há saída. Mas há. E mais de uma.

A primeira saída está em entender os conceitos abstratos e inatingíveis à luz da vida pequena, e não o contrário. A segunda é conversar menos com os coletivos sem rosto e alma e mais com a mulher que segura a gatinha no colo. E, por último, há a saída proposta por Monteiro Lobato na história “O Velho, o Menino e a Burrinha”, ecoando Shakespeare e os estoicos: ser fiel a mim mesmo, sabendo-me incapaz de controlar a opinião alheia.

Ou

Ou então tocar um tango argentino.

25 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 25 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    J. Galt.

    ± 15 horas

    Garcia, Fiuza, Constantino, Guzzo, Polzonoff. Sim. A imprensa ainda tem sobrevida. O pulso ainda pulsa

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • H

      Hugo Dalla Zanna

      ± 18 horas

      Texto excelente!! Confesso que tenho lido mais e de tudo por conta de ter começado a ler suas "linhas". Sobre não ter saída, você está certo, mas tem mais algumas... uma bela saída para a praia, ou montanha ou o aeroporto (todas sem computador e smartphone).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • P

        Polzonoff

        ± 1 minutos

        Oi, Hugo. A saída é qualquer uma que nos reconecte com o que somos enquanto PESSOAS, não enquanto cidadãos ou, pior, eleitores. Abraço!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • F

      fekrneiro

      ± 18 horas

      Sensacional. É isso mesmo. Qualquer um pode arruinar a vida de qualquer outro qualquer que sejam as opiniões deste segundo, mesmo se este não emitir opinião nenhuma. O que vale, acima de tudo, é a vontade do primeiro em arruinar o segundo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • P

        Polzonoff

        ± 0 minutos

        Oi, fekneiro. A opção pelo conflito cansa demais, não? Abraço.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • F

      Fernando

      ± 19 horas

      Excelente, Paulo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Márcio

        ± 19 horas

        Esquecer de lavar a louça e inaceitável! Isto mostra o pouco valor que nós homens damos à realidade em troca de devaneios inúteis. É f...a.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • I

          IvoHM

          ± 20 horas

          Esse comentário foi removido pelo usuário

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • I

            IvoHM

            ± 20 horas

            Esse comentário foi removido pelo usuário

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • I

              IvoHM

              ± 20 horas

              Discordando do fanho bigodudo: Um tango argentino nunca me irá melhor que um blues.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • J

                Julio

                ± 20 horas

                A realidade é que o brasileiro não consegue viver sem um populista. Então que ressuscitem o Getúlio.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • J

                  J. MOACIR

                  ± 21 horas

                  PP , como sabemos estamos longe de ser uma " Economia de Mercado " ou uma " Democracia Plena " , também estas duas abstrações. Isto por falta de amadurecimento Político e Civilidade ( esta uma não abstração ). Como muitos ( maioria ? ) sou contra a intervenções políticas na Economia ou a subtração de Liberdades de Opinião ( outra abstração). Porem em nosso mundo " Macunaímico " ( sic ) não chega a ser palatável as duas coisas de nossa História recente. Contraditório eu ? Sim eu e a humanidade !

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • M

                    Miguel

                    ± 21 horas

                    Putz que viagem !! Enquanto isso a louça acumulando na pia! kkkkkkkk. De boa, Paulo!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • C

                      Ciro Santos

                      ± 22 horas

                      Minha mulher também me oprime com essa porcaria de lavar louça. Isso o STF não vê!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • D

                        Denis

                        ± 22 horas

                        Olá Polzonoff, que tal uma sugestão de pauta para vc dar uma espairada desses impasses? Outro dia vc fez uma ótima entrevista com Roger, do Ultraje. Que tal uma entrevista com todos (todos mesmo) ex-integrantes dos Secos e Molhados? O que cada um está fazendo? Como foi aquele período? Como foi o sucesso e a censura no período de ditadura? Quem teve a ideia de pintarem o rosto? Em quem se inspiraram? De quem foi a ideia da capa do primeiro disco? Como foi feita a capa? O que fizeram que foi bem divertido? Leitores mais velhos (falando por mim) podem ter muita curiosidade sobre tudo isso.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • O

                          O Pragmático

                          ± 22 horas

                          Sensacional. Qdo estou de férias fico duas semanas sem ler ou ver jornal, nem este aqui. É maravilhoso voltar à vida simples, do mundinho próprio. E como faz bem um trabalho braçal de vez em quando, nem que seja lavar a louça e arrumar a própria cama. É uma pequena realização. E a cabeça agradece.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • P

                            PastorRosevaldo

                            ± 23 horas

                            Pois é... pois é... esse túnel brasileiro está cada vez mais comprido e escuro, francamente, não dá para acreditar que haverá alguma luz ao final (com o perdão do clichê manjadasso!). Bolsoloco fará qualquer coisa (e mais bobagens e traições) para continuar no governo; a esquerdalha, essa então não tem nenhum escrúpulo e se voltar será vingança e catástrofe... as "novidades" (Dória, Moro, Huck etc... gente politicamente fraca e reféns da mesma canalhada do congresso e tribunais de Brasília).

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • E

                              Elza Janzen

                              ± 23 horas

                              Muito bom, curti o texto!

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • L

                                Luiz

                                ± 23 horas

                                Como diz a leitora aí em baixo a melhor opção mesmo é "lavar a louça", meu caro.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • A

                                  Ana Luiza

                                  23/02/2021 8:17:23

                                  A melhor saída é sempre lavar a louça, Paulo.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  1 Respostas
                                  • P

                                    Polzonoff

                                    ± 24 horas

                                    Oi, Ana. Sim! Tendo a pensar que, se as pessoas passassem mais tempo lavando a louça, boa parte das discussões inúteis desapareceriam. Abraço!

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                • L

                                  LSB

                                  23/02/2021 3:42:12

                                  Excelente!!! Mas o final apresenta um falsa opção: o estóico hj só é estóico por saber q tudo isso acabará em tango argentino!

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • C

                                    CESAR SABBAGA

                                    23/02/2021 3:37:01

                                    Poxa Polzonoff. Depois de ler seu artigo fiquei com medo, ou com mais medo. Ver ( ou ler) você dando voltas ao redor da mesa, a passar o que você estava querendo passar e sem exatamente conseguir para alguns, - eu, por exemplo (assim acho), aumentou vigorosamente uma dorzinha que eu estava a sentir desde a canetada do Messias. Por falar em entender ou não entender vou explicar o que eu entendi: nestas horas complicadas o melhor é fazer-de-conta que não aconteceu nada ou que você não entendeu o que a canetada significa e significará. Se não foi nada disso não me diga, senão vou me sentir muito ydyota . O ydyota é para escapar do cancelamento do algoritmo da GP.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    2 Respostas
                                    • C

                                      CESAR SABBAGA

                                      ± 22 horas

                                      Falei que não tinha entendido. Obrigado.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                    • P

                                      Polzonoff

                                      ± 24 horas

                                      Oi, Cesar. Não se sinta mal, mas não proponho faz-de-conta algum. Pelo contrário. Se proponho alguma coisa é que o leitor atente para o que há de concreto e o que há de abstrato na política. Abraço.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                  Fim dos comentários.