i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Indústria

Dona das marcas Lacta e Tang planeja novos investimentos no Paraná em 2021

  • 20/11/2020 20:04
Fábrica da Mondelez em Curitiba
Fábrica da Mondelez em Curitiba| Foto: Divulgação

A pandemia não deve frear uma das indústrias mais importantes do Paraná. Com planta em Curitiba, a Mondelez Brasil (que produz itens alimentícios de marcas como Lacta, Sonho de Valsa, Tang e Philadelphia) diz que deve seguir investindo no estado em 2021.

Segundo Flavia Sebastiani, diretora da cadeia de suprimentos da empresa, o crescimento dos segmentos em que a Modelez atua “vão exigir investimentos importantes, pois os volumes são significativos”. “Vamos continuar investindo na fábrica de Curitba como impulsionadora desse crescimento”, diz.

“O estado do Paraná tem uma posição geográfica muito privilegiada. Uma proximidade muito grande com os centros de demanda. Vamos continuar investindo no estado, na nossa planta de Curitiba, no centro de inovação, no nosso centro de distribuição em Araucária”, explica. A diretora não revela ainda os valores, no entanto.

De acordo com a Mondelez, Nos últimos cinco anos, foram investidos mais de R$ 1 bilhão no parque industrial de Curitiba. Do investimento, cerca de R$ 900 milhões foi destinado a modernização das fábricas e na aquisição de novas tecnologias. A empresa emprega mais de 3 mil pessoas em todo o estado e, na Páscoa deste ano, contratou mais de 400 funcionários para a produção de chocolate.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • S

    Sr. Walker

    ± 24 horas

    Arre que aparece uma boa notícia. E das verdadeiras. Nada de Ponte de Guaratuba, Estrada Boiadeira, ligação ferroviária com o centro-oeste, Estrada Transoceânica. Essas e tantas outras volta e meia propaladas já fazem parte do folclore paranaense e curitibano.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]